quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Proventos Recebidos - Janeiro de 2018

Olá senhores (as),

Primeiro recebimento de proventos do ano de 2018. Não foi um valor alto que recebi, mas já é um valor acima da média do ano passado. Como estou alocando um pouco a mais em FII's, os proventos vão subir ao longo do ano.

A minha previsão é dobrar os proventos recebidos em relação ao ano passado. Esses proventos vêm dos FII's e da minha carteira de ações. No longo prazo quero viver de dividendos e não quero desfazer de ativos para cobrir meus gastos.

Os proventos do mês de janeiro foram maiores em relação ao mês anterior. Como há variações de pagamentos nos meses. O meu foco é mais no crescimento anual. E isso está ocorrendo muito bem. Também devido ao meu aumento de patrimônio com aportes constantes.

Proventos Detalhados


Proventos de Janeiro: R$ 343,56
Proventos Total ano 2018: R$ 343,56

Proventos Total ano 2016, 2017 e 2018: R$ 3.343,49

Progresso dos proventos mensais e anuais em gráficos  




É isso pessoal. Espero que neste ano de 2018 eu consiga bater minha meta (6k) de proventos.

Atenciosamente,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Plano de saúde: Ter ou não?

Geralmente muitas empresas oferecem alguns benefícios para seus funcionários, e um desses é o plano de saúde que muitas das vezes é pago uma porcentagem ou total, e é descontado na folha de pagamento. Alguns que não são empregados têm planos coletivos através de associações, sindicatos ou individuais.


Uma pesquisa feita pelo IBGE há alguns anos diz que cerca de 30% dos brasileiros têm planos de saúde. Acredito que hoje está bem menor, pois o país está em crise. Como indica essa reportagem.

Uma coisa que acho absurda é o aumento dos preços dos planos de saúde. Geralmente todos os anos tem aumento. Atualmente eu tenho um plano que no ano passado o aumento foi de 27% e neste ano vai ser 20%. A alegação que a inflação no setor médico foi muito alta. Às vezes eu penso se compensa ter um plano de saúde, pois com estes aumentos abusivos chega dar uma tristeza em mantê-lo. 

Em um ano uso pouco, faço alguns exames e algumas consultas que se eu fosse pagar particular seria pouca grana em relação ao dinheiro pago anual pelo plano. Aí vem aquele dilema: mas se você precisar ser internado o plano vai cobrir e o valor pago vai compensar. Sei que uma internação ou um tratamento de certas doenças são muito caros, mas o pessoal esquece que temos o SUS que é público, mas que em muitas das vezes é o atendimento é péssimo. 

Acredito que o atendimento do SUS é ruim mais em cidades grandes, pois na região que eu nasci o atendimento não tão ruim assim. Claro que existem muitos exames que são muitos demorados, mas se a pessoa tiver condições de arcar com alguns a internação ou cirurgia é rápida. 

Por enquanto eu vou ficar com plano de saúde, mas penso em procurar por algum mais em conta. Vivemos em país que pagamos tudo em dobro. Existe o SUS, mas somos "obrigados" a pagar por um plano, pois o governo oferece um péssimo trabalho, sem falar na educação, na segurança, etc.

Será que se a pessoa não optar por um plano e juntar uma grana só para cobrir despesas médicas seria mais vantajoso? Essa é uma pergunta que muitos fazem e a maioria não tem uma reposta concreta. O que vocês acham?

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Janeiro de 2018: R$ 166.470,78

Olá Senhores (as),

Primeiro fechamento de 2018 começando bem. Bolsa em alta, minhas ações e meus FII subindo. Espero que o ano siga assim, mas este ano vai ser um ano muito diferente do anterior, pois há eleições e o mercado reage muito há notícias. 

Recebi um TD que venceu no mês de janeiro, cerca de R$ 700,00. Esse dinheiro coloquei em criptomoedas para especulação. Até este fechamento a minha perda já estava por volta de -30%. Esse dinheiro não vou tirá-lo, ou eu ganho alguma coisa ou vira pó. Diminui essa grana do meu patrimônio e não estou contabilizando. É um dinheiro por fora.

Os aportes foram em ações e FII. Por enquanto TD sem aportes. Meu aporte foi acima do normal, pois eu recebi minhas férias e a primeira parcela do 13º. Aqui no trabalho tem esta opção de adiantamento. Acho melhor, pois quanto mais passam os meses a inflação o come. Na minha mão faço rendê-lo.


Saldo Anterior: R$ 146.924,46
Aporte Anterior: R$ 7.993,38

Patrimônio líquido: R$ 166.470,78
Aporte em Ações: R$ 8.009,00
Aporte em FII: R$ 4.775,54
Aporte Total: R$ 12.168,54





Rentabilidade detalhada


A evolução do patrimônio segue firme. Com aportes constantes, reaplicação dos proventos e rentabilidade, a evolução do patrimônio está indo bem.

Hobbies 


Estou seguindo firme nas corridas. Não participei de nenhuma corrida este ano. Pretendo me inscrever para alguma no mês de fevereiro para ver como está meu desempenho. Diminui a quantidade de 5 vezes  para 4 vezes por semana. Meu desempenho não aumentou quando mudei para 5 vezes. Então voltei como era antes. Bom também que vou ter tempo para outras coisas.


Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Cowboy e as criptomoedas

Com toda essa repercussão das criptomoedas. Gente ganhando muito dinheiro, pessoas que nunca investiram "investindo", causos sobre Bitcoin em toda parte. Então, o meu pensamento de manada começou a me atiçar. Ficava pensando o tempo todo: coloco dinheiro nisso ou não coloco? Depois de muitos pensamentos decidi colocar um pouco de dinheiro.

Algumas criptomoedas

Não é de hoje que conheço o Bitcoin. Acredito que conheço por volta de 2011 ou 2012. Não sei ao certo. Não lia nada sobre. Apenas via alguns sites oferecendo algumas frações e falando sobre minerar. Nem dei a mínima para isso. Pensava que era tipo o Dotz, etc. Só depois que conheci a finansfera que vi que era diferente, mas mesmo assim decidi ficar fora.

No início de fevereiro de 2017 fiz um post sobre Bitcoin e estava no valor de $1.017 dólares. Claro que nem imaginava que iria chegar a um valor de quase $20.000 dólares. Alias, acho que ninguém imaginava. Hoje está bem abaixo disso, mas a valorização foi bem alta após o post escrito. Se eu tivesse comprado pelo menos uns 2 não sei se eu aguentaria manter na minha carteira até hoje. Acredito que venderia quando batesse os $5.000 dólares.

Vendo o bonde passar. então peguei um dinheiro de um título do Tesouro Direto que venceu e decidi especular. Como era pouco, cerca de R$ 700,00 reais comprei algumas criptomoedas em janeiro deste ano. Diversifiquei em quatro: Dash, Monero, Ethereum e SingularDTV. Comprei todas pela Braziliex. 

O problema é que depois que comprei tudo começou a despencar e continua a cair mais. No início tinha planos de colocar uns R$ 500,00 reais ao mês, mas estou com receio disso. Esse dinheiro que já está aplicado eu não vou tirá-lo. Ou eu ganho alguma coisa ou ele vira pó. 

Isso não está me afetando psicologicamente, mas vejo que estou saindo fora dos meus planos, que é investir meu dinheiro em Renda Variável e Renda Fixa (quando tiver boa). Claro que podemos aproveitar algumas oportunidades que passam, mas eu não acredito em criptomoedas. A tecnologia é boa, mas as pessoas estão apenas especulando. Acredito que quase 100%. 

Será que eu entrei no topo? Eis a questão.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Proventos Recebidos - Dezembro de 2017

Olá senhores (as),

Último fechamento dos proventos do ano de 2017. Foi uma ano que recebi muito em comparação ao ano anterior. Quase bati os 3k. Em 2018 pretendo bater os 6k. Assim espero.

A minha previsão é dobrar os proventos recebido. Esses proventos vêm dos FII e da minha carteira de ações. No longo prazo quero viver de dividendos e não quero desfazer de ativos para cobrir meus gastos.

Os proventos do mês de dezembro foram maiores em relação ao mês anterior, mas só um pouquinho. Como há variações de pagamentos nos meses. O meu foco é mais no crescimento anual. E isso está ocorrendo muito bem. Também devido ao meu aumento de patrimônio com aportes constantes.

Proventos Detalhados


Proventos de Dezembro: R$ 288,88
Proventos Total ano 2017: R$ 2.912,87

Proventos Total ano 2016 e 2017: R$ 2.999,93

Progresso dos proventos mensais e anuais em gráficos 





É isso pessoal. Espero que neste ano de 2018 eu consiga bater minha meta de proventos.

Atenciosamente,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

domingo, 7 de janeiro de 2018

Não consigo andar pelas ruas sossegado


Eu já morei em várias cidades, para ser exato: 4 cidades. Uma é  médio porte e as outras de grande porte. Como nasci e fui criado na zona rural, eu não tinha conhecimento como as coisas funcionavam nas cidades. A primeira cidade que fui morar é de médio porte e tive um choque quando cheguei lá. Vi muita gente diferente, pessoas morando na rua, etc. Claro que eu sabia que existia isso, mas não desse jeito.

Uma coisa que eu não tinha muito vivência era de gente pedindo (mendigando). Na época que mudei a quantidade era pouca. Quando saía na rua muitas das vezes eu dava dinheiro e coisas como: alimentos e roupas quando batiam no portão da minha casa.

Depois que me formei eu mudei para a capital Belo Horizonte (BH). Como eu já tinha um bom conhecimento sobre cidades, mas nunca tinha morado em uma cidade de grande porte. Lá eu fui ver as diferenças de classes, pessoas diferentes, uma quantidade enorme de gente morando nas ruas e a "mendigância". Senti-me muito desconfortável com isso. Ajudava quando podia, claro aquelas que pareciam mais necessitadas.

Hoje eu moro em outra cidade (Brasília) e quando cheguei aqui a situação era parecida com BH, mas não sei como BH está hoje. Acredito que esteja bem pior com essa crise, pois aqui a coisa piorou muito em comparação a minha chegada. Hoje as pessoas pedem no metrô, no ônibus, na rua, ou seja, em qualquer lugar. 

A miséria aumentou muito, às vezes eu ajudo com alimentos, não dou mais dinheiro. Vejo que muitos estão procurando um meio para sobreviver, por exemplo, vender algo. Acho desconfortável viver em cidades porque às vezes temos que fazer vistas grossas para essas situações. Eu faço o que posso, pois se eu for doar tudo que tenho estou ferrado.

A miséria é uma coisa que sempre existiu e acredito que sempre vai existir, mas no Brasil isso aumentou e muito. O PT não diminuiu nada, isso é só discurso de político corrupto. Só gente desonesta que não enxerga isso.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Atualização do Patrimônio Financeiro - Dezembro de 2017: R$ 146.924,46

Olá Senhores (as),

Começando um novo ano e o último fechamento do ano de 2017. O ano de 2017 foi o ano que mais investi. Graças a minha persistência de cumprir as minhas metas a risca eu consegui esse feito. Não que antes eu era um atoa, mas esse ano virou um marco para mim. Vou continuar na mesma pegada nessa fase de acumulação.

A bolsa no mês de dezembro foi bem positiva e isso refletiu nas minhas ações que tiveram uma boa alta. As ações, TD ficaram no positivo, mas os FII's tiveram uma pequena baixa. Como minha carteira de FII's é uma carteira que está em fase de formação, a rentabilidade anual foi bem pífia, mas olho mais os rendimentos recebidos.

Os aportes foram em ações e FII. Por enquanto TD sem aportes.


Saldo Anterior: R$ 133.366,22
Aporte Anterior: R$ 5.228,50

Patrimônio liquido: R$ 146.924,46
Aporte em Ações: R$ 5.063,00
Aporte em FII: R$ 2.930,00
Aporte Total: R$ 7.993,38







Rentabilidade detalhada

A evolução do patrimônio segue firme. Com aportes constantes, reaplicação dos proventos e rentabilidade, a evolução do patrimônio está indo bem.

Hobbies 


Estou seguindo firme nas corridas. A minha meta de sub 17 nos 5 KM acaba em fevereiro. Até agora eu melhorei pouca coisa. Preciso melhorar muito para chegar a essa meta. Não vou desistir, caso eu não consiga, vou expandi-la para o ano todo. É uma meta muito radical para um amador que corre há pouco tempo, mas não gosto de metas fáceis. Então, está valendo.

Tenho tocado violão com mais frequência e pretendo continuar assim. Quero voltar aos meus tempos que tocava todos os dias e aprender coisa nova.

Abraços,
Cowboy Investidor
Leia Mais ››